Atualidades, de nossa querida Açailândia, Maranhão e Brasil.

ZAP NOVO 98442 - 6071

quarta-feira, 22 de janeiro de 2020

Cerca de 11 Mil famílias serão beneficiadas com desconto na conta de energia em Imperatriz

Com o objetivo de disseminar esta informação, a Secretaria de Assistência Social de Imperatriz e a Equatorial Energia Maranhão estão empenhadas em cadastrar todas as famílias que se enquadram no perfil da Tarifa Social de Energia Elétrica, benefício concedido pela ANEEL (Agência Nacional de Energia Elétrica). Muitas famílias maranhenses de baixa renda têm direito a este benefício e deixam de receber até 65% de desconto na tarifa da sua conta de energia por não estarem com o cadastro atualizado junto ao CRAS - Centro de Referência e Assistência Social dos municípios.

Segundo a Equatorial Maranhão, mais de 360 mil famílias já possuem cadastros nos programas do Governo Federal e atendem a todos os critérios exigidos pelo programa, porém, não recebem o benefício, por não terem realizado cadastro junto à Companhia. Entre os 217 municípios maranhenses, as cidades de São Luís, Imperatriz e Timon lideram o ranking de municípios com o maior número de famílias com direito ao benefício, mas que ainda não recebem o desconto por estarem com o cadastro desatualizado.

Só em Imperatriz, mais de 11 mil famílias poderão ser beneficiadas com o Programa. Desde novembro de 2019, quando foi iniciada a campanha de potencialização do programa no município, 1.080 formulários já foram preenchidos e encaminhados ao banco de dados, ou seja, cerca de 10.000 potenciais beneficiários ainda não buscaram atualizar seu cadastro junto ao CRAS da cidade.

Desconto na prática - O cliente Denilson Silva, morador do bairro Vila Vitória, que pagava R$ 95,17 em dezembro por um consumo mensal de 96 KWh, após atualizar o cadastro da conta de sua casa e consumir os mesmos de 96 KWh em janeiro passou a pagar R$ 63,26. "Minha energia elétrica veio mais barata. Eu gostei muito porque me ajudou bastante. Eu estou desempregado e assim ficou muito melhor”, disse Denilson.

As famílias de baixa renda que ainda não estão cadastradas no programa devem se dirigir ao CRAS mais próximo ou a uma agência de atendimento da Equatorial Energia portando seus documentos pessoais de identificação (CPF e RG ou CNH), NIS e uma fatura de energia atual.

Assessoria 



Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

Ads 500x60px

facebookgoogle plus

Pesquisar este blog