AÇAILÂNDIA - Suplente Zezim Honda é processado após tentativa forçada de assumir cargo de vereador, ENTENDA.

A assessoria Jurídica do Vereador Jarlis Adelino, impetrou ação judicial Cível e Criminal Com Pedido de Indenização Por Danos Morais e Materiais contra as atitudes apresentadas pelo Suplente de Vereador vulgo Zezinho Honda, que propagou matérias, na tentativa de assumir uma vaga de Vereador no município, cargo este que é constituído pelo povo através de votos.

A ação na justiça contra o Suplente de Vereador foi promovida por Jarlis Adelino, que busca retratações, esclarecimentos a sociedade e punir todos os envolvidos nessa historia fantasiosa que prejudicou politicamente de forma direta o Vereador Jarlis Adelino, para que essas atitudes não voltem a acontecer.

Entenda o caso:

Tudo se iniciou no dia 22 de julho de 2019, quando o suplente de Vereador vulgo Zezinho Ronda,apresentou um oficio ao departamento jurídico da câmara municipal de vereadores de Açailândia-MA, querendo informações "dos porquês"  manter um condenado criminalmente na casa de Leis no parlamento municipal, solicitando o afastamento do Vereador Jarlis Adelino do cargo legislativo, sustentando tal argumento.

O departamento jurídico da câmara municipal, respondeu no dia 23 de julho de 2019 o suplente de vereador, negando sua solicitação com apresentação do parecer desfavorável.

Já por sua vez, o vereador Jarlis Adelino, de imediato acionou o departamento jurídico pessoal, para que tomasse as devidas medidas cabíveis sobre o assunto, para responsabilizar de forma criminal e indenizatório o suplente de vereador que mencionou em seu oficio encaminhado ao departamento jurídico da câmara e por ter propagado tal noticia em blogues e redes sociais da internet com assinatura de nota de sua assessoria, onde afirma que o vereador Jarlis Adelino é condenado criminalmente.

Em nota o parlamentar exclamou!


Agora será minha vez de falar com o povo a verdade dos fatos, apresentando as certidões negativas necessárias que me garantem na legalidade no parlamento municipal. Não poderia ficado de braços cruzados, vendo uma pessoa desesperada pelo poder, frustrado com o resultado nas urnas, destruir minha imagem, a qual se construiu e se consolidou no município de Açailândia ao longo dos anos (34 anos). Já era esperado por minha família, amigos e eleitores, que eu tomasse as medidas cabíveis, todos sabem que fui sindicalista por 20 anos, sempre lutei por direitos dos trabalhadores, não seria pelo meu direito que me silenciaria, recorro ao judiciário para que seja promovido justiça, para que os danos morais e éticos sejam reparados, afirma o vereador Jarlis Adelino


Ascom







Postar um comentário