Atualidades, de nossa querida Açailândia, Maranhão e Brasil.

Zap do Blog F5 (99) 98128 - 2558

quarta-feira, 3 de janeiro de 2018

Açailândia, e seu recorde de prefeitos cassados

Todo passado já foi presente, Todo presente será passado, Toda cidade tem sua história, Todo homem tem seu legado, Esta história que vou contar, No livro já está registrado;
No maior eixo rodoferroviário
Está Açailândia do Maranhão
É a terceira cidade do estado
Comprovada pela arrecadação
Poderia ser ainda bem melhor
Se não fosse a má administração

É a terceira cidade em arrecadação
Isto ninguém mais pode negar
Mas teve tanto prefeito cassado
Que é difícil até de acreditar
Sinto-me muito envergonhado
Esta historia ter que narrar.

Começou com Nelson Pereira Duarte
Que na época era um bom contador
Foi o primeiro prefeito de Açailândia
Por nove meses como interventor.
Até elegerem Raimundo Sampaio
1º prefeito eleito pelo voto do eleitor.

Em primeiro de fevereiro de 1983
Raimundo Telefre Sampaio
Foi o primeiro prefeito eleito
Que não deu muito trabalho
Para ser cassado pelos vereadores
Em 1986 no dia 23 de maio.

Quem assumiu foi o seu vice
Em 24 de maio de 1986
Raimundo Pimentel Filho
Que também teve a sua vez
Mas uma boa administração
Ele também aqui não fez.

Em 15 de novembro de 1988
Leonardo Queiroz foi eleito
Seu vice era Doutor Dalvadisio
Homem honesto e de respeito
Que ajudou Leonardo até o fim
Para concluir todo seu pleito.

Ildemar Gonçalves Santos
Foi prefeito pela primeira vez
 Vice era Doutor Walter Maxwell
Tomaram posse em 1º / 01/ 1993
Não fez uma boa administração
Mas não foi o pior dos três.

Deusdete Alves Sampaio
Teve o seu nome aprovado
No dia 1º de janeiro de 1997
Pelo povo foi empossado
Mais no dia 04/04/2000
Teve seu mandato cassado.

No dia 06 de abril de 2000
Doutor Gilson Alves Santana
Assumiu por direito a prefeitura
Mostrou que o povo não se engana
Cuidou de botar a casa em ordem
Pois o que não lhe faltava era grana.

Leonardo Lourenço de Queiroz
Para o segundo mandato foi eleito
No dia primeiro de janeiro de 2001
De Açailândia virou prefeito
Mas a irregularidade na sua eleição
Tirou-lhe o seu mais nobre direito.

Cassado no dia 19/12/ de 2003
Gleide assumiu sem demora
O cargo de prefeita de Açailândia
Por apenas vinte e quatro horas
Mas outra liminar da justiça
Afastou-lhe antes do raiar da aurora

Por causa da lentidão da justiça
Para resolver mais esta sena
Quem assumiu por direito
Foi o vereador Marcos Lucena
Por ser presidente da câmara
Foi prefeito, por sete dias apenas.


Deusdete Alves Sampaio
Foi o 2º candidato mais votado
Não assumiu ao cargo de prefeito
Pois na época já era deputado
Temendo perder seu mandato
Em seu lugar, Jeová foi empossado.

Jeová Alves de Souza
Só teve oito dias de mandato
Foi cassado em 23 /01 de 2003
E a prefeitura virou um balaio de gato
Entrando prefeito e saindo prefeito
E o povo sempre pagando o pato.

Gleide Santos Lima
Que já tinha sido cassada
Em 24 de janeiro de 2003
Foi novamente empossada
Sendo prefeita apenas 08 meses
Até ser definitivamente afastada.

Jeová Alves de Souza
No dia 25 de novembro de 2003
Através de liminar da justiça
Virou prefeito pela segunda vez
E o povo sempre se perguntando
Amanhã, de quem será a vez?

O prefeito Jeová Alves
Ficou até o fim do mandato
Novamente Ildemar dos Santos
Mostrando ser bom de papo
Foi prefeito 8 anos seguidos
Acabando com o balaio de gato.

Tudo que tem começo tem fim
E o povo já queria mudar
Quando Gleide Santos Lima
Com um discurso bem popular
Derrotou sem piedade, Élson Santos
Candidato do Prefeito Ildemar.

A gestão de Gleide Santos
Já é uma grande decepção
Por todas as ruas da cidade
Quem está dizendo é a população
Que seu mandato não chega ao fim
Eu já tenho essa leve impressão.

No dia 26 de maio de 2015
Minha suspeita virou realidade
A atual prefeita Gleide Santos
Foi afastada por unanimidade
No mesmo dia seu vice Juscelino
foi empossado, prefeito da cidade.

Juscelino assumiu mostrando serviço
Queria causar uma boa impressão
Mas quem tem um bom padrinho
Aqui no brasil nunca morre pagão
Juscelino governou somente 28 dias
E Gleide retornou no dia de São João.

As festas juninas logo acabaram
Depois da alegria veio o pior
Gleide só ficou 23 dias no poder
Dia 21 de julho, sem pena e sem dó,
A câmara de vereadores do município
Na prefeita deu o seu maior nó.

Por decisão de quatorze votos a zero
A prefeita foi definitivamente cassada
O seu vice Juscelino de Oliveira
Tomou posse ainda de madrugada
Já amanheceu sendo o nosso prefeito
E a população, outra vez prejudicada.

Por quanto tempo eu ainda não sei
Que Juscelino vai ser nosso prefeito
No Brasil quase tudo é possível
Com dinheiro sempre se dá jeito
Eu já não duvido de mais nada
Amanhã, este cordel poderá ser refeito.

Helio Rodrigues Braz
Membro fundador da A. A. L.
Cadeira de N° 10
Patrono Gabriel Braz.
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

Ads 500x60px

facebookgoogle plus

Pesquisar este blog